Três partidos oficializam candidaturas ao Governo de Goiás
05/08/2018 - 7h23 em CLUBE Noticias

 

 

Termina no dia 15 de agosto o prazo para os partidos registrarem seus candidatos. Em Goiás três nomes já foram oficializados: Danil Vilela, do NDB; Ronaldo Caiado, do Democratas; e Professor Wesley Garcia, do PSOL.

O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) oficializou neste sábado (4) a candidatura de Daniel Vilela, mas ainda não definiu o nome do candidato a vice-governador.

Filho do ex-governador de Goiás Maguito Vilela, Daniel Vilela tem 34 anos e nasceu em Jataí. Formado em direito, ele foi eleito deputado federal em 2014. Antes, o político já havia sido vereador de Goiânia e deputado estadual. Sua candidatura tem gerado polêmica, uma vez que parte do partido apoia Ronaldo Caiado. Os emecaidistas acusam o pai de Vilela de ter negociado acordo com MarconiPerillo para apoiar o candidato tucano num eventual segundo turno.

 

O Democratas (DEM) também realizou convenção no sábado, com presença de de lideranças de 12 partidos, e oficializou as candidaturas de Ronaldo Caiado a Governador e Lincoln Tejota (PROS) a Vice-governador.

Natural de Anápolis, Ronaldo Caiado, de 68 anos, é médico e produtor rural. Ele foi eleito deputado federal por cinco vezes. Em 2014, Caiado se tornou senador. Esta é a segunda vez que ele concorre ao cargo de governador de Goiás.

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) foi o primeiro a oficializar candidatura. Em  29 de julho lançou o Professor Weslei Garcia, de 35 anos. A candidata a vice, também do PSOL, é Erenilda de Assis, conhecida como Nildinha, de 44 anos.
Weslei Garcia nasceu em Taguatinga, no Distrito Federal, em 1983. Em 2004, Weslei Garcia passou no concurso da Prefeitura de Valparaíso de Goiás, no Entorno do DF, para onde se mudou. Desde 2005, ele passou a integrar o PSOL.

O PSDB também tem candidato, mas ainda não realizou sua convenção.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!