Menores acusados de assassinado do irmão do prefeito de Goiatuba fogem durante audiência
13/03/2017 10:17 em CLUBE Noticias

 

O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) investiga como dois irmãos, de 16 e 17 anos, apreendidos suspeitos de participação em um homicídio, conseguiram fugir enquanto passavam por audiência de custódia no Fórum de Aragarças, região noroeste de Goiás. Segundo a Polícia Civil, os menores estão envolvidos com a morte de Matheus Coelho, de 32 anos, irmão do ex-prefeito de Goiatuba, Marcos Coelho. Eles já foram recapturados.

De acordo com a promotora de Justiça Wania Marçal de Medeiros, que estava na audiência, a intenção é apurar quem deveria estar tomando conta da dupla no dia da fuga, na última quarta-feira (8). Ela disse que o delegado Ricardo Galvão, responsável pela investigação do ato infracional e pela delegacia da cidade, deverá se justificar em até 30 dias. Dois agentes dele deveriam estar tomando conta dos menores, mas tinham saído do local pouco antes da fuga.

Os menores estavam apreendido desde o dia 4 na Delegacia de São Luís de Montes Belos, a 250 km de Aragarças. Na última segunda-feira (6), eles foram apresentados à promotora, que representou pela manutenção da internação provisória por mais 45 dias, e retornaram para a delegacia.


A promotora conta que, durante a audiência, nenhum problema foi relatado. O juiz responsável, Jorge Horst Pereira, havia acatado o pedido do MP e determinado a continuidade da internação provisória, a ser cumprida em um centro de internação de São Luís de Montes Belos. Segundo ela, os agentes que deveriam estar fazendo a vigilância tiveram que sair para atender outro flagrante.

Os menores então ficaram sob responsabilidade de um conselheiro tutelar, que também participava da audiência, junto com dois advogados e a mãe dos menores. Quando o magistrado ainda concluía os procedimentos, os irmãos escaparam. 

"[Eles] saíram correndo da sala de audiência. Ela já tinha terminado e eram aguardados os policiais civis para fazer a remoção deles. Um deles já tinha pedido para ir ao banheiro e foi quando percebeu que não tinha muita guarda ali. Ele voltou, chamou o outro e fugiram", lembra Wania.

 

Na tarde desta sexta-feira (10), os dois adolescentes foram recapturados em Aragarças. O delegado Ricardo Galvão disse que os mesmo agentes que teriam de vigiá-los no Fórum efetuaram a detenção.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!