Ex-primeira-dama de Goiás, Sônia Célia Santillo morre aos 78 anos
24/04/2017 17:03 em CLUBE Noticias

 

A ex-primeira-dama de Goiás, Sônia Célia Santillo, de 78 anos, morreu hoje em Goiânia. Ela era viúva do ex-governador Henrique Santillo, que morreu em 2002, e estava internada há uma semana na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Neurológico de Goiânia em virtude de uma pneumonia.

O corpo deve ser velado a partir das 9h no Cemitério Vale do Cerrado, na rodovia GO-060, no trecho entre Goiânia e Trindade, na Região Metropolitana da capital. Sônia Célia teve três filhas, Élida Célia, Sônia Míriam, Carla Cíntia, e dois filhos, Carlos Henrique e Virgílio Neto.

A ex-primeira-dama do estado foi presidente da Organização das Voluntárias de Goiás de 1987 a 1991. Sônia Célia foi responsável pela implantação de duas unidades de Oficinas Educacionais Comunitárias (OEC) nos setores Norte Ferroviário e Cândida de Morais, onde eram ministrados cursos profissionalizantes.

Henrique Santillo

O médico Henrique Antônio Santillo foi governador de Goiás de 1987 a 1991. Antes de assumir o comando do estado, foi senador, de 1979 até 1987. Em 1993, Santillo assumiu o Ministério da Saúde a convite do ex-presidente Itamar Franco, cargo que ocupou até 1995. Foi filiado ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB) de 1965 até 1980, quando o PMDB foi fundado. Ele ficou no partido até 1993, quando filiou-se ao Partido Progressista (PP). De 1995 até 2002, ano de sua morte, foi filiado ao PSDB.

 

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!